Visita de vereador a ponto de cultura revela desperdício de dinheiro público

Rômulo Ornelas descobriu equipamentos amontoados e atividades culturais inexistentes, resultado de um projeto avaliado em R$ 180 mil em verbas federais.

foto de Vera Jursys

foto de Vera Jursys

Fonte Câmara Municipal de Guarulhos – O vereador Prof. Rômulo Ornelas (PT), presidente da Comissão de Educação, Cultura, Esporte , Lazer e Turismo da Câmara de Guarulhos, esteve nesta quarta-feira (18) na Associação Comunitária do Jardim Vermelhão, na região de Cumbica. Em princípio, ali funcionaria um ponto cultural, conforme informado na Secretaria Municipal de Cultura, mas o parlamentar descobriu que os equipamentos adquiridos pela Associação com verba pública estavam amontoados numa sala e a programação diária de atividades, incluindo aulas de informática, dança, desenho e artesanato praticamente não existia.

O Ponto de Cultura do Jardim Vermelhão surgiu para atender a comunidade local, carente de atividades culturais e educativas. Segundo o vereador, apenas as oficinas de capoeira e caratê são realizadas. “O governo federal aprovou um projeto, iniciado em abril de 2011, no valor de 180 mil reais, para atendimento desta população”,explica  Rômulo Ornelas. “O convênio se encerra em junho deste ano, ou seja, está chegando ao fim e quase nada foi feito”, denuncia.

Nesta visita, Ornelas, em nome da Comissão de Educação, que conta ainda com os vereadores Prof. Jesus (PDT) e Gilvan Passos (PSDB), procurou reunir o máximo de informações sobre a situação para produzir um documento a ser enviado à Secretaria de Cultura. Ele espera que a Pasta, para quem a Associação tem devolvido os repasses não executados, apure responsabilidades e tome as providências cabíveis. “Este fato não pode prejudicar a aprovação de novos projetos culturais para a comunidade local, carente de atividades desta natureza”, afirmou o vereador.




Você pode deixar um comentario, or trackback from your own site.

Deixe um comentário


Desenvolvido para WordPress | Desenhado por: Douglas Lotto