Sustentabilidade

Prêmio de meio ambiente

Antes mesmo dos meios de comunicação dissiparem essa palavra, ações sustentáveis já eram promovidas pelo Prof. Rômulo e os voluntários que sempre atuaram com ele. No Cursinho Comunitário Pimentas a prática da reciclagem foi implantada e incentivada já no início do projeto. O dinheiro arrecadado com a venda dos materiais servem de recursos para pagar as passagens de alunos aprovados nos vestibulares no interior do Estado. Como esses alunos são carentes, esse dinheiro é muito bem vindo. Faz grande diferença para que possam realizar o sonho de estudar em uma universidade pública.

Os três pilares da sustentabilidade estão no DNA dos projetos do Mandato. O social, o econômico e o ambiental sempre são levados em consideração para a realização de qualquer atividade. E os resultados podem ser observados ao longe desses 10 anos de trabalho.

O Desenvolvimento Social aliado à preservação dos recursos naturais sempre foram uma bandeira levantada pelo projeto. A educação foi o primeiro passo para ir introduzindo os conceitos na juventude. Os jovens tem um poder transformador imenso. Estão em suas mãos as mudanças necessárias. Eles é que são capazes de olhar para o modo de vida atual e perceber que as mudanças nos nossos hábitos são urgentes.

Como vereador, o Prof. Rômulo, juntamente com sua assessoria, sentiu a necessidade de que o governo deveria dar o exemplo da sustentabilidade. Todas as compras públicas deveriam usar critérios sustentáveis. Para isso, propôs o projeto de lei 327 de 2009, que diz que todas as licitações de compras públicas devem seguir critérios que não agridam o meio ambiente e promovam o desenvolvimento econômico e social.


Desenvolvido para WordPress | Desenhado por: Douglas Lotto