Prof. Rômulo e Dep. Alencar conversam com a população sobre a interdição da ponte Vila Any – Itaim

Reunião sobre ponte do Itaim

Reunião sobre ponte do Itaim

Os moradores do Jardim Guaracy, Jacy, Vila Any e toda região estão sofrendo com a interdição da ponte que liga estes bairros ao Itaim Paulista. A ponte que interliga os dois município foi fechada pela Defesa Civil de Guarulhos e de São Paulo, pois corria o risco de desabar. Faz quatro meses e a ponte, que é de responsabilidade do Governo do Estado de São Paulo, continua interditada. Na noite de ontem, 21 de janeiro de 2014, aconteceu uma reunião com diversas lideranças no Espaço do Mandato do Vereador Prof. Rômulo, que fica na região, para buscar ações efetivas para o problema.

Estiveram presentes o Deputado Alencar Santana, o Presidente do PT Guarulhos Paulo Victor, que era coordenador da Defesa Civil na época da interdição, o Vereador Prof. Rômulo e representantes de outros vereadores da cidade, além de dezenas de moradores da região.

Lideranças reunidas para decidirem sobre ações

Lideranças reunidas para decidirem sobre ações

Paulo Victor salientou que a interdição era necessária, pois a ponte apresentava um alto risco de desabar. Essa decisão foi tomada pela Defesa Civil de Guarulhos e de São Paulo. A ponte, que é responsabilidade do Governo do Estado, foi construída há mais de 30 anos, e pensada para passagem de apenas carros e em um único sentido. Antes da interdição, passavam pela ponte carros, ônibus, caminhões, motos e pedestres. De acordo com Paulo Victor, a estrutura foi feita para suportar um peso máximo de 10 toneladas. Um único ônibus com passageiros pesa mais de 6 toneladas.

O Deputado Alencar salientou que tudo que é possível do ponto de vista burocrático já foi tentado com o Governo. Apresentaram requerimentos, fizeram diversas conversas com as secretarias do Estado e uma ficou empurrando o problema para outras. Os departamentos que o Deputado, juntamente com o Prefeito Almeida, o vereador Prof. Rômulo e demais vereadores procuraram foram a Secretaria de Obras, o DAEE – Departamento de Águas e Energia do Estado, a Casa Civil, A Secretaria de Planejamento e a Defesa Civil do Estado.

Após diversas conversas, foi proposto à Prefeitura de Guarulhos e de São Paulo que apresentassem um projeto para a ponte. Foi feito um projeto para construção de uma nova ponte que atenda a realidade da região, com passagem nas duas mãos simultaneamente, sinalização e suporte para veículos pesados. O projeto ficou em 6 milhões de reais. A primeira reação do Governo do Estado foi de não aprovar o projeto e querer reformar a atual ponte, o que custaria cerca de 3 a 4 milhões e continuaria possibilitando apenas a passagem em um único sentido. Depois de o Deputado, o Prefeito e os vereadores insistirem, o projeto da construção foi para análise e com previsão de ser aprovado já no início de janeiro.

Até ontem, nenhuma resposta efetiva do Governo do Estado foi dada. Por isso, foi convocada essa reunião que contou com diversas lideranças da região, para assim, buscar formas mais intensas de pressionar o Governo a fim de resolver o problema.

Tanto as pessoas que moram do lado de Guarulhos e que precisam atravessar a ponte para trabalhar, estudar ou ter acesso aos demais serviços da capital, como os moradores do lado de São Paulo estão sofrendo com a interdição. Ambos os lados estão se mobilizando e enquanto a nova ponte não for construída este movimento só tende a crescer e, se for necessário, haverá manifestações mais radicais para chamar a atenção do Governador Alckmin, que tem tratado com descaso o problema.




Você pode deixar um comentario, or trackback from your own site.

Uma resposta to “Prof. Rômulo e Dep. Alencar conversam com a população sobre a interdição da ponte Vila Any – Itaim”

  1. Graça Dantas disse:

    Parabéns!!! Vereador e Professor Romulo, pelo trabalho e empenho

    e apoiar o povão em especial a população carente.

    Abraço

    Enfª Graça

Deixe um comentário


Desenvolvido para WordPress | Desenhado por: Douglas Lotto