Prof. Rômulo cobra melhorias no atendimento a dependentes químicos durante prestação de contas da Secretaria de Saúde

Audiência Pública

Audiência Pública

Na ultima sexta-feira (21) o Vereador Prof. Rômulo, participou da prestação de contas feita pela Secretaria de Saúde referente ao terceiro quadrimestre do ano de 2013 em uma audiência pública na Câmara Municipal de Guarulhos.

O diretor administrativo e financeiro Sr. Silvio Jorge expôs os números da pasta, apresentando as receitas da Secretaria, tanto as próprias de impostos quanto as repassadas pelo governo federal, bem como os investimentos aplicados nos Programas na área da saúde no município. Informou ainda, que a Prefeitura investiu 28% do orçamento em saúde executados no exercício de 2013, mais do que os 15% exigidos por lei.

O Vereador Prof. Rômulo, em sua fala, questionou o Secretário de Saúde, Sr. Carlos Derman a respeito da relação entre os investimentos aplicados no combate à dependência química e os resultados obtidos pelo município. O Vereador ressaltou a sua atuação no apoio ao combate à dependência e falou das dificuldades encontradas pelas pessoas que buscam ajuda para se livrar deste problema no município de Guarulhos.

O Secretario responsável pela pasta se comprometeu a levantar informações sobre os atendimentos realizados no CAPS AD (Centro de Atenção Psicossocial – Álcool e Drogas) e os custos dos trabalhos realizados nas UBS’s, admitiu ainda, que o município tem feito poucos investimentos nessa área e que está prevista a construção de um novo CAPS, este por sua vez, na Região dos Pimentas, na Avenida José Miguel Ackel.

Outro questionamento levantado pelo Vereador Prof. Rômulo, diz respeito à diminuição de animais castrados no município de Guarulhos, o que é um fator prejudicial à saúde pública, tendo em vista que de acordo com uma pesquisa feita pelo Dr. Josué e publicada na revista Instituto de Medicina Tropical, 75% dos solos das praças da nossa cidade estão contaminados por fezes de animais, o que pode causar doenças na população. O Vereador ressalta ainda, que a cidade de Guarulhos tem o dobro da população animal recomendada pela OMS (Organização Mundial de Saúde).

O Secretario da pasta, informou que o motivo da diminuição das castrações na cidade se deve ao fato dos munícipes agendarem a castração e não comparecerem. Para diminuir o problema a Secretaria exige que o agendamento seja presencial, Carlos Derman informa ainda, que em 2013 o número de castrações foi menor que em 2012 e que atualmente são feitas 900 castrações por mês, segundo ele este número deve aumentar até o fim deste ano.

O Vereador Prof. Rômulo entende que os questionamentos levantados por ele nesta audiência pública são de extrema importância para a melhoria da qualidade de vida dos munícipes de Guarulhos e continuará atento às ações da Prefeitura para que nossa cidade possa oferecer aos guarulhenses um nível de saúde cada vez melhor.




Você pode deixar um comentario, or trackback from your own site.

Deixe um comentário


Desenvolvido para WordPress | Desenhado por: Douglas Lotto