Prefeitura presta contas sobre uso de software livre

Conforme publicamos aqui, cobramos da Prefeitura de Guarulhos o cumprimento da lei 6567 de outubro de 2009, de nossa autoria, sobre o uso de softwares livres nos órgãos públicos do município. Em 15 de junho último, a Prefeitura respondeu ao nosso requerimento.

De acordo com o Sr. Luiz Jacometti Pinheiro, Gestor do Departamento de Informática e Telecomunicações (DIT), de abril de 2010 até esta data foram implantadas 823 máquinas novas, todas com software livre. Além disso, todas as máquinas liberadas pelo DIT saem com sistema operacional e aplicativos livres. Já foram desativados total ou parcialmente 240 sistemas baseados em sistemas pagos e corporativos. Afirma também Jacometti que todos os sistemas operacionais dos servidores estão sendo alterados para Linux e Fresh SD e os novos telecentros foram implantados com software livre e TI Verde. Eventualmente algumas licenças que são adquiridas atendem a necessidades de Infraestrutura do Datacenter e manutenção dos sistemas corporativos e de segurança.

Esperamos que a Prefeitura continue implantando o software livre nos órgãos públicos e que essa ideia se expanda para além do nosso município, já que, além de promover a liberdade de criação e o combate aos grandes monopólios, o uso Software Livre também significa uma grande economia para os cofres públicos.




Você pode deixar um comentario, or trackback from your own site.

2 respostas to “Prefeitura presta contas sobre uso de software livre”

  1. […] livres em órgãos públicos do município. Cobramos do Executivo o cumprimento da lei e obtivemos pronta resposta. Contudo o vereador notou uma contradição nos concursos públicos para a Prefeitura, SAAE, […]

  2. […] nos órgão públicos de Guarulhos após a Lei 6.567 de 2009, de autoria do Vereador Prof. Rômulo. O Município avançou no assunto, um sistema operacional próprio foi desenvolvido, o Gu@rux, soluções específicas para cada […]

Deixe um comentário


Desenvolvido para WordPress | Desenhado por: Douglas Lotto