População e lideranças lutam pela ponte Vila Any – Itaim

Manifestantes "negociando" com policiais.

Manifestantes “negociando” com policiais.

Ontem, 7 de fevereiro, aconteceu na região da Vila Any o Ato por uma nova ponte Itaim – Vila Any. O Prof. Rômulo esteve presente e deu todo apoio ao movimento. Haviam mais de 300 pessoas, moradores da região e do Itaim, manifestando pela nova ponte.

A ponte, que já está fechada pela Defesa Civil há mais de 3 meses, é de responsabilidade do Governo do Estado de São Paulo. Este, até o momento não reconhecia a existência da ponte, mas durante o ato foi informado que o As Prefeituras de Guarulhos e de São Paulo irão arcar com 50% da obra e o Governo do Estado ficará com os outros 50%.

Prof. Rômulo em manifestação pela ponte Itaim - Vila Any

Prof. Rômulo em manifestação pela ponte Itaim – Vila Any

O Ato organizado por lideranças da região, desde o início, foi pacífico com o único objetivo de chamar a atenção das autoridades para o problema da ponte.

A polícia esteve no local e repreendeu o movimento. Atirou bombas de efeito moral a fim de dispersar os manifestantes que estavam ali pacificamente. Essa é a maneira que o Governo do Estado dialoga com a população mais carente. Ao invés de mandar um representante do Governo para apresentar as soluções que estão previstas para a ponte, manda a polícia para usar da força.

Este foi o primeiro movimento. A população, agora, está mobilizada e caso não o Governo do Estado não tome providências concretas com relação a ponte, este movimento irá crescer. Acontecerá outras manifestações e cada vez mais pessoas irão participar. Assim como nos movimentos de junho do ano passado, esta atitude covarde e violenta do Estado através da polícia só faz o desejo de luta da população aumentar.

Continuaremos nossa luta!

IMG_4940 IMG_4943




Você pode deixar um comentario, or trackback from your own site.

Deixe um comentário


Desenvolvido para WordPress | Desenhado por: Douglas Lotto