O governo federal lança o Plano de enfrentamento às drogas

Presidenta Dilma anunciando o lançamento do Plano de enfrentamento às drogas

O presidente Dilma Rousseff lançou nesta quarta-feira em Brasília o Plano de  enfrentamento ao Uso do Crack e outras Drogas, uma de suas principais promessas de campanha. De acordo com a presidenta, o programa contará com investimento de 4 bilhões de reais que será destinado ao atendimento dos dependentes químicos e a seus familiares, no combate ao tráfico de drogas e a prevenção ao uso dessas substâncias. Segundo o Ministro da Saúde, Alexandre Padilha, “estamos diante de uma epidemia do crack no nosso país. O crack se tornou uma grande ferida social com capacidade de desestruturar famílias, ambientes, espaços urbanos”. Esta opinião também é compartilhada pelo Vereador Professor Rômulo e, assim, orienta o trabalho que ele tem desenvolvido com dependentes e seus familiares em Guarulhos. Com isso, os dependentes e seus familiares terão mais acesso a tratamentos contra a dependência.

O programa lançado pelo governo federal, intitulado “Crack, é possível vencer”, funcionará a partir de três eixos: cuidado, autoridade e prevenção.

O primeiro eixo do programa trata da ampliação e qualificação da rede de atenção e a criação de uma rede de atendimento especializada chamada Conte com a gente. Isso ocorrerá a partir do investimento de R$ 670,6 milhões na criação de 2.462 leitos destinados exclusivamente ao tratamento de dependentes. O governo federal também fará parcerias com Organizações Não-Governamentais visando ampliar ainda mais a rede de atendimento aos dependentes e seus familiares.  Por fim, serão criados 308 consultórios de rua com multiprofissionais visando adequar o atendimento aos locais, dias e horários de maior ocorrência.

Ministro da Saúde Alexandre Padilha

Para tanto, o programa irá investir na capacitação de profissionais visando o melhor atendimento dos usuários. Serão 11 mil profissionais de saúde, 100 mil alunos de graduação na área de saúde, 15 mil gestores e profissionais das Comunidades Terapêuticas. As vagas de residência em psiquiatria nos hospitais públicos aumentarão em 82% e serão criadas 304 novas vagas especificamente para residência multifuncional em saúde mental. Além disso, serão habilitados 1.650 profissionais para atuarem como teleconsultores.

 No eixo autoridade, o governo federal irá intensificar as ações de inteligência e investigação para identificar e prender traficantes de drogas, assim como desarticular organizações criminosas que atuam no comércio de substâncias ilícitas. Assim, o programa prevê maior integração das ações de inteligência das Polícias Federal, Rodoviária Federal e estaduais. A partir destas ações, o programa atuará com o objetivo de combater o fornecimento de drogas em sua origem. Com isso, também serão ampliadas as ações nas fronteiras do país, visando impedir a entrada de drogas vindas de outros países.

Através do terceiro e último eixo, prevenção, o programa prevê ações que visam levar informações a escolas e comunidades com a finalidade de evitar o surgimento de novos usuários. A previsão do governo é capacitar, em quatro anos, 210 mil educadores através do Programa de Prevenção do Uso de Drogas na Escola, e 3,3 mil policiais militares do Programa Educacional de Resistência às Drogas.

Com isso, o governo federal pretende proporcionar a atuação em conjunto entre estes profissionais juntamente com os policiais na prevenção do uso de drogas em 42 mil escolas públicas. A previsão é de que serão beneficiados 2,8 milhões de alunos por ano.

Outra novidade será a facilidade do acesso à informações sobre drogas. O atendimento telefônico Viva-Voz, que auxilia e orienta usuários e familiares de dependentes, passará de 0800 para o número de três dígitos 132.

Com estas ações, o Vereador Professor Rômulo afirma que estaremos no caminho certo, rumo ao combate a esta epidemia que se tornou as drogas.




Você pode deixar um comentario, or trackback from your own site.

Uma resposta to “O governo federal lança o Plano de enfrentamento às drogas”

  1. […] Conheça mais sobre o Plano de enfrentamento às drogas Share this:FacebookEmailTwitterRede 1969Like this:LikeBe the first to like this post. […]

Deixe um comentário


Desenvolvido para WordPress | Desenhado por: Douglas Lotto