Deputado Paulo Teixeira visita periferia de Guarulhos

Prof. Rômulo e Deputado Paulo Teixeira junto com lideranças da região

No último sábado, dia 16, o Prof. Rômulo esteve reunido com o Deputado Federal Paulo Teixeira e lideranças dos bairros Tupinambá, Pq. São Miguel, Marcos Freire e Vila Any. O deputado, que conhece muito bem a região, já que iniciou sua militância política na Zona Leste de São Paulo, reafirmou o seu compromisso com a periferia de Guarulhos, sobretudo através da destinação de emendas parlamentares que beneficiem a região.

Para o orçamento de 2011, o Deputado Paulo Teixeira já destinou, a pedido do Vereador Prof. Rômulo, uma emenda para garantir a pavimentação das Ruas Antônio Bitencourt e Felício Alves, no Pq. São Miguel. Após cobranças do Prof. Rômulo, também deverão ser beneficiadas até o ano que vem duas ruas na Cidade Tupinambá, através de recursos advindos do Governo Federal.

O Deputado Paulo Teixeira e o Prof. Rômulo ainda deram uma aula de cidadania no Cursinho Comunitário Pimentas sobre os temas mais debatidos no Congresso Nacional neste primeiro semestre, que são a Reforma Política e as mudanças no Código Florestal.

Paulo Teixeira durante aula no Cursinho Pimentas

Conheça mais sobre o Deputado Paulo Teixeira no site: http://pauloteixeira13.com.br/




Você pode deixar um comentario, or trackback from your own site.

5 respostas to “Deputado Paulo Teixeira visita periferia de Guarulhos”

  1. gilson disse:

    o prefessor vai ser prefeito municipal

  2. gilson disse:

    so falta mais segurança

  3. Guilherme Valdoski disse:

    Muito boa aula. Com informações riquíssimas!

  4. Eliza disse:

    Sr. Deputado Paulo Texeira. porque o senhor se recusa em asssinar a pec 300 que ajudaria e muito os militares. hoje o salario dos militares em todos pais é um miseria se comparado ao seu salario, e mesmo assim o senhor nao esta nem ai para ajudar a essa classe que tanto precisa. por favor colobore conosco.

  5. Renato disse:

    Eliza, eu sou muito favorável a que se aumente o salário dos policiais, concordo que eles ganham muito pouco para o tamanho da importância que tem o trabalho deles. Porém, acho que seria inviável criar um piso salarial de 4000 reais para todos os policiais do Brasil, como prevê a PEC 300. Certamente não haveria orçamento para isso, e mais, outras categorias, também de grande importância, como professores, iriam querer o mesmo aumento, aí ficaria mais complicada ainda a situação. De onde iria sair tanto dinheiro?

    Eu imagino que a resistência do Paulo Teixeira, que é líder da bancada do PT na Câmara, e de grande parte dos congressistas em relação à PEC 300 esteja ligada a isso.

    Todos sabemos que o orçamento público é limitado, então, para aumentar o orçamento de determinado setor a uma taxa superior ao crescimento da arrecadação, deve-se tirar de outro setor. Então, como triplicar o orçamento da Segurança Pública, o que de fato seria muito bom e é o que prevê a PEC 300? Teria que se tirar recursos de outras áreas também importantes, como Saúde e Educação.

    Outro dia ouvi uma frase interessante, me desculpe por não lembrar o autor: “Em um país onde o policial ganha mais que um professor, certamente tem algo errado”. O autor com essa frase quer dizer que é mais importante investir na prevenção, do que na repressão!

    Abraços…

    Renato

Deixe um comentário


Desenvolvido para WordPress | Desenhado por: Douglas Lotto