10 anos do Cursinho comunitário Pimentas

Neste 14 de Janeiro de 2012, oficialmente, o Cursinho completa 10 anos de sua primeira reunião para organizar o que chamávamos de Núcleo Pimentas da Educafro, hoje o Cursinho Comunitário Pimentas (CCP). Participaram desta reunião: a Rosane, o Gerson, o Fábio, o Luizinho, a Profª Valdeci, D. Edinês e Eu. Lembrando que, antes dessas reuniões eu já organizava alunos(as) e professores(as) para que essa Utopia se tornasse realidade: em 1º de outubro de 2001 tirei licença da escola onde dava aulas para que tivesse mais tempo para trabalhar essa ideia.

São 10 anos de luta, 10 anos de altos e baixos, pessoas que abraçaram a causa e ajudaram a construir, pessoas que tentaram desestabilizar-nos e continuam tentando, mas são nas adversidades que aparecem as forças para que continuemos trabalhando em cima daquilo que acreditamos e a experiência de vida nos diz que é correto. Dentro de um pensamento positivo sempre é valido destacar o que é bom e usar o que ruim como experiência. Destaque para o meu eterno companheiro Rozalvo, que participou da quarta reunião pra frente, mas na prática já vínhamos construindo essa ideia antes, participávamos do núcleo Petista Carlos Marighella, no Parque Alvorada. Rozalvo continua na luta acreditando naquilo que antes pensávamos que estava só na crença e nas utopias. Lia muito Paulo Freire, que pra mim é o Che Guevara da Educação, lia os pensadores anarquistas, porque sempre acho que o mundo ideal deve ser anarquista, tentei seguir pensadores orientais, porque são povos que construíram suas culturas em cima das adversidades, pois sabia que no cursinho tudo era adverso. Apesar de ser leitor da ciência, não me deixei levar pelo racionalismo ao extremo, também procurei o caminho da ternura. O racionalismo muitas vezes nos deixa insensível aos problemas mais simples da vida e os olhamos estatisticamente.

Tinha que ser assim, batendo de frente. Para construir um pensamento desse tinha que desagradar muita gente, não era fácil fazer as pessoas acreditarem em coisas que pareciam impossíveis. O cursinho tinha que ser diferente, não era para reproduzir a escola, eu trabalhava numa e não dava certo, como até hoje não dá, as coisas foram sendo construídas coletivamente e corrigidas ao meu olhar, que acho que entendo um pouco do assunto. Nestes 10 anos foram inúmeras lutas, protestos, manifestações por direitos, muitas pessoas entraram nas melhores universidades públicas, que na região do Pimentas era tabu, não conhecia nenhum caso, conquistamos aquilo que um dia era apenas sonho. Em vários momentos pensei que ia acabar, como foi em 29 de junho 2011 quando da passagem do falecimento de nossa querida Babi, foi o único momento que não tive força para continuar, levei com a “barriga”, depois as coisas entram nos eixos, mesmo sem a minha intervenção. A morte da Barbara ainda tem sua consequências entre nós, ela era um equilíbrio entra as pessoas, juntava os diferentes, a celebre frase é dela “juntos somos melhores”.

Valeu a pena, colocamos aquilo que era teoria em prática, fizemos pessoas sonharem, antes do cursinho muitas pessoas não sonhavam em universidades públicas, porque não sabiam que elas existiam, passaram a sonhar, a conquistar seus sonhos, diante da minha intolerância contra as injustiças, meu papel foi fazer as pessoas acreditarem, ser desobedientes aos incrédulos, surdos aos pessimistas, assim deu certo, como disse o companheiro Luiz Carlos Prestes , que tive a honra de estar juntos em reuniões, “quando o Guerrilheiro acredita na sua liderança ele dá a vida pela causa”. Enfim, a chama da revolução continua acesa e não serão os pessimistas, os negativistas e os reacionários que vão apagá-la e quando isso acontecer sempre há os revolucionários que vão soprar e reacendê-la.

Prof. Rômulo Ornelas




Você pode deixar um comentario, or trackback from your own site.

12 respostas to “10 anos do Cursinho comunitário Pimentas”

  1. Carlos Shuiti disse:

    Parabéns Prof. Romulo, através desse seu intenso e dedicado trabalho, determinado em dar oportunidade de igualdade à tds, você conseguiu e consegue tornar realidade o sonho de muitos em conseguir um vaga em univ. pública e tbm em conquistar um cargo em concursos. Espero que o Cursinho Pimentas continue por muuitos e muitos anos, parabéns tbm à tds os colaboradores q são dignos de louvoures!!!

  2. Fernando disse:

    Parabéns ao Cursinho Comunitário Pimentas pelos seus 10 anos, parabéns ao professor Rômulo e Rozalvo que persistem nessa luta até hoje e parabéns a todos que fazem parte desse projeto, que é maravilhoso, único. NO CCP eu encontro um ambiente de crescimento como ser humano, como intelectual e como cidadão, lá é onde reina a solitariedade, o comunitarismo, é um reduto de humanidade que eu amo muito.

    Parabéns!

  3. Dayane Graziellla disse:

    Um dos meus maiores orgulhos de conquista nessa vida é poder ter participado do cursinho desde o dia 14 de agosto de 2005, e connhecido o sinonimo de luta que troxe a realização de um sonho…”universidade pública” uma “carreira’. Durante esse caminho connheci pessoas maravilhosas que fortalecia com sua união e preocupação com sociedade, a qual me troxe muitas lições de vidas. Parabéns aqueles que proporcionaram uma oportunidade em nossas vidas…que atravé de um projeto, uma utopia fez dos nossos sonhos realidades, pois o meu sonho ainda para ser completado é quando formada poder está mais perto desse projeto tão espetacular, a qual devo muito.

  4. Mário Lemos disse:

    Parabéns ao Professor Romulo, Rozalvo e todos que fazem parte desse magnifico projeto

  5. Helena disse:

    Parabéns pela existência do Cursinho Comunitário Pimentas, onde eu e minhas filhas fizemos parte e pretendemos continuar fazendo.
    Tenho admiração pela juventude e essa luta com eles é muito gratificante, principalmente quando se alcança resultados bons.

    Parabéns ao Rômulo e toda sua Equipe!

  6. jesulinux disse:

    Parabéns Rômulo e equipe.
    A inclusão social pela educação a meu ver é o caminho certo.
    Este trabalho deveria ser meta do país, do estado e do município.
    Porém quando se pensa em educação inclusiva percebemos que ainda estamos longe da realidade de pais desenvolvido.

    Um pais desenvolvido e um município não pode esquecer as periferias onde tudo acontece rapidamente, onde as coisa demoram a chegar.

    O curso comunitário pimentas está no caminho certo e deve praticar e encaminhar o debate para os encaminhamentos de baixo para cima. rasgar os horizontes e colocar a educação popular como pauta politica nos rumos de um novo país mais igualitário.

    Abraços a todos.
    Me orgulho de vocês.

  7. Fernando Lucera Carneiro disse:

    Parabéns pelo progresso e aniversário do cursinho e parabéns a todos os envolvidos pela transformação dessa utopia, como disse o vereador e profº Rômulo, em realidade. Me lembro e tenho orgulho em me considerar um entre tantos ouvinte pioneiro dessa ideia, quando em 2000, ano que conclui o ensino médio na escola Maria Aparecida Rodrigues e a mesma onde o profª Rômulo lecionava suas aulas, ja expressava esse grande desejo de fazer, e até mesmo trazer, em nossa comunidade essa enorme evolução e conquista. Hoje 12 anos se passaram e vejo o quando essa ideia foi e é importante para nós, que somos moradores dessa comunidade.
    Então, mais uma vez, venho parabenizar e grande trabalho de todos e desejar sucesso a todos.

  8. Romulo disse:

    Feliz com o Seu comentário Fernando Lucera.

  9. Erica Ventura Brandão disse:

    Parabéns ao Cursinho Comunitário Pimentas pelo aniversário de 10 anos de existência. Quando entrei no cursinho percebi que além de sermos apoiados a realizarmos os nossos sonhos, que antes eram quase impossíveis, me deparei com uma nova família pois é isso que o CCP é uma grande e feliz família..
    Fico muito feliz em fazer parte desse grande pojeto..

  10. NIna disse:

    Parabéns ao cursinho e a seus idealizadores , fico muito feliz de fazer parte desse projeto que amo tanto, me lembro como se fosse hoje o dia que ingressei ,e faço uma análise de quanto minha vida foi transformada e enriquecida por esse projeto, Agradeço ao Vereador Professor Rômulo e ao professor Rozalvo por incentivar e estimular em mim a ideia de cidadania, coletividade e solidariedade e hoje vejo que foram pilares importantes para a minha caminhada.
    O trabalho desenvolvido e as ações ao longo desses 10 anos foram e são de grande importância para a comunidade atendida e serve de exemplo de como se constrói e realiza sonhos de pessoas que buscam dentre outras coisas, um ideal de vida e escreve sua própria historia.
    Pra mim, é uma honra fazer parte desses 10 anos!!!!
    Parabéns a essa Família chamada Cursinho Comunitário Pimentas.
    Obrigada!!!!

  11. Aline Meira disse:

    Meus Parabéns ao cursinho, 10 anos de muito trabalho e muitas conquistas. Sou muito grata ao projeto, e principalmente ao Professor Rômulo.

    É um honra fazer parte da família CCP
    Obrigada por tudo

  12. Flavia Marinho disse:

    Dá orgulho de participar do projeto e fazer parte desta história :,)

Deixe um comentário


Desenvolvido para WordPress | Desenhado por: Douglas Lotto